Reflexão sobre o amor

June 10, 2015

Oi, gente linda, seguidores do blog da Jac!

Hoje eu trouxe para vocês uma reflexão maravilhosa da música de Gilberto Gil sob o olhar da psicóloga Nazilda Coelho. Aproveitando o mote dos dias dos namorados, espero que vocês gostem.  Feliz dia dos namorados!

 

 

A linha e o Linho

Gilberto Gil

 

É a sua vida que eu quero bordar na minha
Como se eu fosse o pano e você fosse a linha
E a agulha do real nas mãos da fantasia
Fosse bordando ponto a ponto nosso dia-a-dia

E fosse aparecendo aos poucos nosso amor
Os nossos sentimentos loucos, nosso amor

O zig-zag do tormento, as cores da alegria
A curva generosa da compreensão
Formando a pétala da rosa da paixão
sua vida o meu caminho, nosso amor
Você a linha e eu o linho, nosso amor

Nossa colcha de cama,
nossa toalha de mesa
Reproduzidos no bordado
A casa, a estrada, a correnteza
O sol, a ave, a árvore, o ninho da beleza


Está se aproximando o dia dos namorados e pensando nisso lembrei desta maravilhosa música do Gil. A linha e o linho, para mim ela retrata uma relação baseada em pessoas e vidas reais. Primeiro ela começa com a decisão: é a tua vida que eu quero bordar na minha.... E é assim que começam as boas relações com a decisão de juntar uma vida na outra , sem sobrepor uma vida na outra , sem oprimir ou quer transformar o outro em um espelho seu. Depois ele traz o reconhecimento de cada um, o pano e a linha, pois o relacionamento é exatamente isso o encontro de duas vidas, dois mundos que estão se permitindo complementar, enriquecer  um ao mundo do outro e só assim a agulha do real nas mãos da fantasia podem ir bordando ponto a ponto o dia-a-dia, pois o amor é assim construído e alimentado no nosso dia-a-dia. De nada adianta se mostrar maravilhoso e poderoso no início da relação se ao longo do caminho no dia-a-dia não existir : generosidade, paciência, bom humor, entrega calma, alegria sempre disponíveis e atemporais. Só assim permitimos que o amor venha aparecendo aos poucos e vá se solidificando para não se balançar nos zig-zag dos tormentos e sim aprender com eles para poder usufruir plenamente das miudezas................  Um olhar, um tom de voz, um sorriso, a beleza escondida nos detalhes: na colcha da cama , na toalha da mesa, na casa, na estrada, na árvore , no ninho da beleza.

Nenhuma lei da ciência pode explicar o mistério do amor pois ele  é de outra ordem . Da ordem da poesia, da música, da beleza.......

 

Nazilda Coelho

Psicóloga clínica com formação em:

Dinâmica energética do psiquismo pelo ICDEP

DPM pelo Woogle Trainer Instituto e psicologia transpessoal

pelo ATMAN. ( UNICAP).

Consultório rua Marechal Rondon, 138 Casa Forte, Recife/ PE

fone: 81 32653513 

 

Please reload

  • Facebook - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • YouTube - White Circle
Navegue com a Jac:
Destaques

Pelos sertões que andei... de Recife a Petrolina

July 31, 2017

1/7
Please reload

Please reload