Superação - Miocina e a Terapia Aquática

September 4, 2018

    Com apenas um abraço apertado era o suficiente para você acabar com a minha semana... Pois é! Eu com minha artrose no manúbrio com a clavícula não podia nem se quer receber um abraço forte, pois sentiria dores horríveis no ombro e ficaria vários dias sem dormir direito, essa dor já começava a limitar meus movimentos e atrapalhava meu desempenho profissional, então resolvi que estava na hora de fazer alguma coisa...

    Foi aí, que conheci o Dr. Uronal Zancan e o seu programa de saúde, Pro Ser Saúde. Iniciei o mesmo com muita garra e determinação e dentre muitos recursos para desenvolver a saúde um dos principais é o exercício físico e no momento eu me encontrava impossibilitada pelas minhas dores. Mas isso não me deteve, pois eu sabia que quanto mais eu me superasse mais eu produziria uma maravilhosa enzima chamada MIOCINA.

    Essa enzima é fantástica! Ela é produzida e liberada exclusivamente pelos músculos, é um potente analgésico, atuando nos músculos locais e a distância, aliviando assim as dores no corpo. Ela tem uma importância fundamental para nossa saúde. Qualquer contração muscular provoca a produção e liberação da miocina, que tem um alto poder anti-inflamatório e analgésico. A dor é uma inflamação e a miocina vai atuar neste local. Tem Importância fundamental na nossa saúde, pois retarda o envelhecimento e quanto mais intensa a contratura maior é a sua produção e liberação.

 

     Quando descobri tudo isso, já vinha em tratamento na terapia aquática com a fisioterapeuta Carol Souza na Clínica Rogério Antunes, juntas iniciamos sessões com exercícios que gradativamente a medida que me superava e batia o meu recorde avançávamos na série do tratamento. Com isso fortaleci os meus músculos e a cada dia eu virava uma atleta da saúde, buscando sempre uma nova superação dos meus limites, atingindo sempre a falha muscular.

    Hoje me encontro sem dor, sem limitações de abertura ou rotação dos braços, Sou muito grata a todos que me ajudaram a chegar a essa hormese do meu corpo, principalmente a mim mesma, pois sem superação dos meus limites não teria chegado onde cheguei.

 

 

Fotos por Daniel Paza

Please reload

  • Facebook - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • YouTube - White Circle
Navegue com a Jac:
Destaques

Pelos sertões que andei... de Recife a Petrolina

July 31, 2017

1/7
Please reload

Please reload