Desmistificando a aveia

March 15, 2019

    Nesta vibe de alimentação saudável tenho aprendido muito sobre alimentos ultra processados, agrotóxicos, entre outros tópicos e sempre que possível irei trazer um pouco deste aprendizado para vocês: seguidores em busca de uma alternativa para um estilo de vida mais saudável. Hoje vamos falar um pouco do que descobri acompanhando os sites de pessoas sérias que pesquisam ou traduzem pesquisas de universidades importantes sobre a aveia, esse cereal tão utilizado pelos esportistas que buscam energia nos carboidratos.

 

   Vamos começar pela presença de agrotóxicos:

    A ONG Friends of the Earth (FOE) em algumas análises feitas descobriu que 100% das amostras de cereal aveia demonstraram ser positiva para presença de resíduos de glifosato (herbicida). Observaram também que o nível da presença dele era na razão de duas vezes maior do que o nível estabelecido pelos cientistas da ONG Environmental Working Group (EWG) para risco de câncer ao longo da vida de uma criança. Encontrei isso no site Nosso Futuro Roubado, uma tradução do texto escrito por Dr. Joseph Mercola.

    Logo, gente, se optarmos por ingerir este cereal saibamos que estaremos provavelmente ingerindo resíduos de herbicidas. Mesmo tento um valor nutritivo para a saúde é preciso ter moderação sobre a escolha de comer esse cereal. No programa do Dr. Uronal Zancan ele fala que os grão integrais ou os refinados não são alimentos saudáveis, pois você estaria sujeito a inflamações e hiperglicemia e carência nutricional. Confirmando isso, eu encontrei essa referência no Primal Brasil; explicando sobre tudo isso com mais detalhes.

    Bom gente, em resumo: eu uso a aveia com muita moderação na minha alimentação; quando uso; faço a opção de comprar orgânica e de preferência livre de glúten. Compro em sites específicos que entregam em casa e quando utilizo, geralmente, eu as hidrato antes (coloco de molho) para reduzir os anti-nutrientes (lectinas). Espero que vocês tenham gostado, um beijo no coração e até a próxima!

Please reload

  • Facebook - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • YouTube - White Circle
Navegue com a Jac:
Destaques

Pelos sertões que andei... de Recife a Petrolina

July 31, 2017

1/7
Please reload

Please reload